Rolex Daytona celebra 100 anos das 24 Horas de Le Mans

Em ano de celebração do 60º aniversário do Cosmograph Daytona, a Rolex celebra também em 2023 o centenário da mítica corrida de resistência da qual é parceira desde 2001. Para isso, apresentou uma edição especial do Daytona com elementos inéditos no seio da coleção.

Este ano, a Rolex celebra o sexagésimo aniversário do Oyster Perpetual Cosmograph Daytona e o arranque da celebração foi feito no Watches and Wonders com a introdução de algumas alterações técnicas e estéticas no cobiçado cronógrafo. A marca da coroa lançou assim diversos novos modelos na linha Daytona — entre eles uma versão em platina, que recuperou a conjugação cromática castanho/azul gélido do 50º aniversário com fundo em vidro de safira. Mas, depois destes lançamentos iniciais, a Rolex lançou uma nova carta, em junho, ao anunciar uma versão especial de tributo do centésimo aniversário das 24 Horas de Le Mans, a célebre competição automóvel da qual é relógio oficial desde 2001. O anuncio foi feito precisamente por ocasião da edição 2023 da corrida.

Rolex Oyster Perpetual Cosmograph Daytona
Oyster Perpetual Cosmograph Daytona comemorativo dos 100 anos de Le Mans | © Rolex

Cosmograph Daytona 100 anos 24 Horas de Le Mans

Com referência 126529LN, este novo relógio distingue-se por evocar simbolicamente a prova com elementos especiais, mas tendo como base as alterações introduzidas na coleção vistas em Genebra. Sendo assim, o novo Rolex Oyster Perpetual Chronograh Daytona 24 Horas Le Mans tem caixa de 40mm em ouro branco e um mostrador reverse panda (preto com contadores brancos, portanto), emoldurado por uma luneta preta em Cerachrom da qual se destaca uma escala taquimétrica com a referência ‘100’ preenchida a cerâmica vermelha, numa alusão ao centenário da mítica corrida de resistência. No mostrador raiado destacam-se os totalizadores e pequenos segundos com elementos gráficos inspirados nos de um «mostrador Rolex histórico», com a nota de que alguns sites referem que a inspiração direta terá sido o Daytona 6263 vintage Paul Newman. O ponteiro central de segundos do cronógrafo permite a leitura do tempo com precisão de 1/8° de segundo. Por sua vez, a caixa Oyster foi dotada de um fundo transparente que permite contemplar a versão especial do novo Calibre 4131 (introduzido nos Daytona lançados este ano) criada para este modelo. Com vidro de safira, a edição especial do Cosmograph Daytona está equipada com uma bracelete Oyster complementada por um fecho Oysterlock, que impede a abertura acidental, e sistema de extensão rápida Easylink que permite ajustar o seu comprimento em cerca de 5 mm. Além disso, o interior dos elos é reforçado com inserções em cerâmica para aumentar a flexibilidade de uso e a longevidade. A coroa de rosca Triplock, com sistema de tripla estanqueidade e ladeada por proteções, contribui para uma estanqueidade até 100 metros.

Rolex Oyster Perpetual Cosmograph Daytona
Oyster Perpetual Cosmograph Daytona em ouro branco | © Rolex

Calibre 4132

Com reserva de marcha de 72 horas, o movimento de corda automática que equipa este novo relógio é uma adaptação do Calibre 4131 evocativa da mítica corrida de resistência. Ou seja, permite que a função de cronógrafo efetue a contagem de 24 horas (num contador localizado às 9 horas) em vez de 12, como é habitual neste modelo. Tal foi possível através da introdução de um mecanismo adicional com sistema de desmultiplicação, que permite dividir em dois a velocidade de rotação da rodagem que faz mover o ponteiro 24 horas. O novo calibre 4132 integra ainda um escape Chronergy e amortecedores Paraflex. Por outro lado, distingue-se pelas decorações e acabamentos, inclusive pontes decoradas com Côtes de Genève Rolex, reinterpretação da clássica decoração relojoeira — a diferença passa por uma fina ranhura polida entre cada faixa. A massa oscilante em ouro é esqueletizada e dotada de um rolamento de esferas otimizado. O movimento tem certificação Superlative Chronometer, como acontece em todos os relógios da marca, que atesta que cada relógio que sai das oficinas Rolex foi aprovado numa série de testes efetuados internamente de acordo com os próprios critérios da marca, mas que seguem a certificação oficial do COSC.

Rolex Oyster Perpetual Cosmograph Daytona
Oyster Perpetual Cosmograph Daytona | © Rolex

As nossas impressões

A Rolex raramente lança modelos com alguma personalização especial comparativamente com o modelo de base — pelo que o simples ‘100’ a vermelho na escala taquimétrica do novo Daytona já o tornaria particularmente cobiçado. Mas não é apenas isso. Há toda a carga simbólica de um aniversário (para mais tratando-se de um numero redondo, um século de vida!) relacionado com um dos mais lendários eventos desportivos do planeta, sem esquecer que o próprio Daytona comemora 60 anos em 2023. E há ainda toda a carga emocional da associação entre a relojoaria mecânica e os desportos motorizados. Para além da novidade suplementar de ser o primeiro relógio de caixa Oyster em ouro branco com fundo transparente em vidro de safira… porque a primeira vez que a Rolex optou por um fundo transparente em vidro de safira num modelo da linha Professional (as raras exceções anteriores situavam-se na linha Cellini) foi no Daytona de platina desvelado este ano na Watches and Wonders. Os detalhes vintage que piscam o olho aos famosos modelos Daytona ‘Paul Newman’ e o totalizador das horas adaptado para as 24 (em vez de 12) destacam-no ainda mais. Ou seja, um conjunto de marcos celebratórios e de detalhes únicos que torna ainda mais apetecível aquele que é já de si um relógio extremamente procurado e de visual muito apelativo.


Algumas caraterísticas técnicas:

Rolex
Oyster Perpetual Cosmograph Daytona

Referência | 126529LN

Rolex Oyster Perpetual Cosmograph Daytona
Oyster Perpetual Cosmograph Daytona | © Rolex

Movimento | Mecânico de corda automática. Calibre 4132 com escape Chronergy e amortecedores Paraflex, 72h de reserva de corda, 28.800 alt/h. Certificação Superlative Chronometer e COSC.
Funções | Horas e minutos, pequenos segundos às 6h, cronógrafo com stop-seconds.
Caixa ø 40mm | Oyster em ouro branco 18kt. Vidro e fundo em cristal de safira com tratamento antirreflexo. Coroa de rosca Triplock em ouro branco com sistema de tripla estanqueidade. Estanque até 100 metros.
Mostrador | Preto vivo com acabamento sunray. Ponteiros e indexes em ouro branco 18kt com Chromalight de alta legibilidade.
Bracelete | Oyster em ouro branco 18kt. Fecho de báscula Oysterlock. Sistema de extensão rápida Easylink.
Preço | Sob consulta.

Visite o site oficial da Rolex para mais informações.

Outras leituras