Vacheron Contantin e The MET: uma obra-prima no pulso

Depois de ter anunciado a sua parceria com o Metropolitan Museum of Art de Nova Iorque (The MET), a Vacheron Constantin alarga o programa ‘Uma obra-prima no pulso’ também a este Museu.

A Vacheron Contantin anunciou há uns meses uma aliança com o Metropolitan Museum of Art de Nova Iorque (The MET). Em termos concretos, esta relação implica projetos conjuntos que destacam os respetivos patrimónios, bem como a capacidade de preservar o legado cultural para as gerações futuras. Entre estas ações, destaque para um programa de estágio artístico e outras iniciativas educativas e eventos especiais. A criação de relógios Vacheron Constantin únicos inspirados em obras de arte da coleção do The MET estavam também previstos e este projeto materializa-se agora através do programa ‘Uma obra-prima no pulso’.

VACHERON_MdA_Enamel_MO_1_Grisaille
Uma obra eternizada em miniatura com a técnica de esmaltagem | Foto: cortesia Vacheron Constantin

Uma obra-prima no pulso

Lançado em 2019, o programa ‘Uma obra-prima no pulso’ oferece aos clientes da Vacheron Constantin a possibilidade de criar uma edição única Les Cabinotiers com mostrador esmaltado que replica uma obra-prima preservada nos principais museus a nível mundial. No caso específico da relação com o The MET, os clientes poderão solicitar a reprodução em esmalte de uma obra à sua escolha do Museu, nomeadamente obras de Claude Monet, Winslow Homer, Vincent van Gogh e Augustus Saint-Gaudens.

VACHERON_PR_2D Diana, Saint Gaudens_rendering e VAC_PR_2D Northeaster, Winslow Homer._rendering
Para oferecer uma ilustração vívida dos relógios que podem ser criados, a Vacheron Constantin e o The MET produziram modelos renderizados. Neste caso, podemos ver a reprodução de obras de Augustus Saint-Gaudens e Winslow Homer | Foto: cortesia Vacheron Constantin
VACHERON_PR_2D bridge over a pond of water lilies, Monet PG_rendering e VAC_PR_2D Wheat Field with Cypresses, Van Gogh_rendering
Modelos renderizados dos relógios com a reprodução de obras de Claude Monet e Vincent van Gogh | Foto: cortesia Vacheron Constantin

A escolha da técnica de esmaltagem para a reprodução tem a sua razão de ser. A pintura em esmalte em miniatura é um tipo de arte aplicada rara que consiste em pintar à mão um desenho ou motivo sobre um substrato de base de esmalte cozido. Aplicado em camadas finas por cor, o esmalte é fixado nos locais indicados por cozeduras sucessivas. Uma vez terminada a pintura, a obra é protegida com um fluxo de esmalte transparente que lhe confere brilho e profundidade. Esta técnica revela-se perfeita para reprodução de detalhes, movimentos e cores, graças à sua capacidade única de imitar as pinceladas e a profundidade do impasto da arte pictórica clássica.

VACHERON_ENAMELER
Processo de esmaltagem Grisaille | Foto: cortesia Vacheron Constantin

Além do acesso a um relógio único com mostrador finamente esmaltado e com certificado de autenticidade emitido pelo museu e pela marca relojoeira, o programa oferece ainda uma experiência exclusiva aquando da encomenda. O cliente tem acesso assim a uma visita privada ao The MET na companhia dos seus curadores especializados para escolha da obra a reproduzir, bem como uma visita à Manufatura Vacheron Constantin, em Genebra, para contactar com os mestres que irão concretizar o relógio.

Uma experiência de exclusividade, portanto.

VACHERON_7500U-000R-B992 Enameling making-of
Processo de esmaltagem de parte de um mostrador | Foto: cortesia Vacheron Constantin
VACHERON_The Met Fifth Avenue, Great Hall_©Brett Beyer_Courtesy of The Met
Grande salão do Museu The MET | Foto: Brett Beyer, cortesia The Met; um modelo exemplificativo de como será personalizado o rotor do Calibre 2460SC | Foto: cortesia Vacheron Constantin

Visite o site oficial da Vacheron Constantin para mais informações.

Outras leituras