Ulysse Nardin e os divers operacionais

Mais conhecida atualmente pelo seu ex-libris Freak, a Ulysse Nardin tem um passado épico associado ao mar. E apresenta na sua coleção relógios de mergulho futuristas. Como os novos Diver [Net Ops] e Diver [X Skeleton Ops] de conotação militar.

Nos dois últimos anos, a Ulysse Nardin deu total protagonismo ao Freak na Watches & Wonders – com o seu ex-libris a mostrar-se de tal modo omnipresente que não se viu rasto de qualquer outro relógio no stand da histórica marca de Le Locle. No entanto, a Ulysse Nardin construiu a sua reputação em mar alto e sempre incluiu no seu catálogo importantes linhas de inspiração náutica – desde versões de pulso dos seus famosos cronómetros de marinha até modelos destinados ao mergulho. Como os novos e apelativos Diver [Net Ops] e Diver [X Skeleton Ops]. Já agora, para esclarecer: sim, os parênteses retos fazem parte da nomenclatura oficial. 

Raízes marítimas

As duas versões Divers da Ulysse Nardin: [Net Ops] e [X Skeleton Ops] | Foto: cortesia Ulysse Nardin

E não é por acaso que o logótipo da Ulysse Nardin inclui uma âncora. Desde 1846 até 1975, o Observatório de Neuchâtel destinou-lhe 95 por cento dos certificados de precisão — num total de 4504 atribuídos a cronómetros de marinha essenciais para a navegação. Essa excelência passou da instrumentação de médio porte e dos relógios de bolso para os modelos de pulso, e o catálogo atual reflete bem essa herança náutica da histórica manufatura: dos quatro pilares da coleção, dois têm uma evidente conotação marítima. Para além das linhas Freak e Blast de contornos modernistas, as gamas Marine e Diver refletem o património naval da manufatura de Le Locle. E se os relógios Marine constituem uma bela homenagem retrospetiva, os modelos Diver são decididamente contemporâneos… senão mesmo futuristas!

A linha Diver da Ulysse Nardin contém atualmente 47 referências, entre as variantes Diver e Diver X. Ambas apresentam um imponente X no mostrador – mas enquanto os Diver fazem-no de maneira fechada, os Diver X seguem uma via esqueletizada. E não é raro a Ulysse Nardin efetuar lançamentos duplos de Divers, como sucedeu há um ano com a edição Azure; este ano, a marca de Le Locle lançou o duo Diver [Net Ops] e Diver [X Skeleton Ops] com visual decididamente militar, de tons caqui e camuflados a condizer. E a designação Ops é um diminutivo de Operations. Por outro lado, entra igualmente na equação a demanda de sustentabilidade tão cara à Ulysse Nardin, precisamente por intermédio das suas raízes marítimas.

Para refletir essa política de sustentabilidade nos seus produtos, a Ulysse Nardin tem-se associado a jovens empresas de pesquisa e desenvolvimento de novas tecnologias e materiais reciclados ultraleves. O Diver Net Concept Watch, estreado em 2020 com a inserção de redes de pesca recicladas na confeção das caixas, passou entretanto para a coleção regular. E o look camuflado Ops já havia sido testado com sucesso em edições especiais da linha Freak (o Freak One e o Freak X), mas não há dúvida de que o visual militar fica bem melhor aplicado em tool watches  e tanto o Diver Net Ops como o Diver X Skeleton Ops (deixemos os parênteses retos para a comunicação oficial da marca) são relógios de mergulho extremamente apelativos… para quem não está viciado na tendência vintage.

Diver [Net Ops]

Dos dois, o Diver Net Ops é o mais tradicional por via do seu mostrador fechado. Tendo ambos o mesmo diâmetro de 44mm (que ‘veste abaixo’, devido a asas curtas), o Diver Net Ops é um pouco mais delgado – com uma espessura de 14,81mm para 15,7mm no Diver X Skeleton Ops. A secção média da caixa é composta por aço reciclado a 95 por cento, ao passo que os flancos e o fundo são feitos a partir de uma combinação de Nylo (o tal material de redes de pesca recicladas) e Carbonium (um composto de fibra de carbono ecológico). A luneta unidirecional é feita de aço com inserção de Carbonium.

O mostrador texturado do Diver Net Ops | Foto: cortesia Ulysse Nardin

O mostrador texturado por via de microjateamento é marcado pelo X sobredimensionado e cuja forma é acentuada por um acabamento escovado vertical e por linhas pretas lacadas. Também inclui pequenos segundos às 6 horas e um indicador de reserva de corda às 12 horas. Os ponteiros rodinados e os indexes aplicados são preenchidos com Super-LumiNova em tons bege que complementam a aura caqui. O look é reforçado pelos adereços à disposição: uma bracelete em cauchu com uma placa em cerâmica com o nome da marca ou uma bracelete têxtil parcialmente composta por material reciclado.

Diver [Net Ops] | Foto: cortesia Ulysse Nardin

A escolha da motorização recaiu sobre o Calibre UN-118 de manufatura, um movimento automático de elevado rendimento formado por 260 componentes e com múltiplas valências técnicas — começando por uma espiral em silício desenvolvida pela marca, que acompanha a roda de escape e a âncora em DiamonSil. Com uma frequência de 28.800 alternâncias por hora, garante 60 horas de autonomia. O preço reflete a qualidade do produto e o posicionamento da marca: 13.289 euros.

Diver [X Skeleton Ops]

O Diver X Skeleton Ops é ainda mais caro – custa o dobro (26.100 CHF) devido à sua superior tecnicidade, tornada visível através de um movimento esqueletizado com vista através do mostrador. A própria caixa é quase integralmente esculpida em titânio e, apesar dos 44mm de diâmetro (tal como o Diver Ops), assenta perfeitamente em pulsos mais estreitos devido à ergonomia de construção. O mostrador esqueletizado em X é também recortado em titânio. Sem grande surpresa, o recurso ao titânio contribui grandemente para a ideia de leveza quando se coloca o relógio no pulso. O material luminescente utilizado apresenta uma coloração bege que combina idealmente com o tom verde militar e que muda para verde brilhante no escuro.

Ulysse Nardin Ops: o mostrador do Diver [X Skeleton Ops] | Foto: cortesia Ulysse Nardin
O mostrador do Diver [X Skeleton Ops] | Foto: cortesia Ulysse Nardin

O movimento escolhido para o Diver X Skeleton Ops é o Calibre UN-372 de carga automática e 72 horas de autonomia, com uma massa oscilante em X para combinar com o conjunto. Também se distingue pelo uso do silício no escape (espiral, âncora, roda do balanço) e bate a uma frequência de 28.800 alternâncias por hora.

Ulysse Nardin Ops: Diver [X Skeleton Ops] | Foto: cortesia Ulysse Nardin
Diver [X Skeleton Ops] | Foto: cortesia Ulysse Nardin

Ou seja: a partir de uma arquitetura de caixa semelhante e de o parentesco ser evidente, os dois relógios apresentam uma personalidade bem diferente. A distinta combinação de materiais contribui igualmente para essa ideia, mesmo que a paleta cromática seja parecida. A estanquidade também é diferente, com o Diver [Net Ops] a valer 300 metros de profundidade e o mais caro Diver [X Skeleton Ops] ‘apenas’ 200 metros. Uma diferença que não fará diferença efetiva a 99,99999% dos mergulhadores…

Visite o site oficial da Ulysse Nardin para mais informações.


Algumas caraterísticas técnicas:

Ulysse Nardin
Diver [Net Ops]
Ano de lançamento | 2024
Referências | 1183-170-8A/0A (bracelete de tecido); 1183-170-8A/3A (bracelete de borracha).
Movimento | Corda automática, Calibre UN-118, espiral em silício, roda de escape e âncora em DiamonSil, 260 componentes, 50 rubis, frequência de 28.000 alt/hora (4 Hz).
Funções | Horas, minutos, pequenos segundos, data, indicador de reserva de corda.
Caixa Ø 44mm | Caixa central em aço 95% reciclado, Nylo X Carbonium (60% de redes de pesca 60% recicladas e 40% de fibras de carbono recicladas). Luneta rotativa em Carbonium. Vidro de safira abobadado. Fundo em vidro de safira. Estanque até 300 metros.
Mostrador | Verde caqui texturado. Indexes e ponteiros com Super-Luminova.
Bracelete | Verde em tecido parcialmente feito de redes de pesca recicladas ou em borracha.
Preço | 13.289 € ( com taxas incluídas).

Ulysse Nardin
Diver [X Skeleton Ops]
Ano de lançamento | 2024
Referências | 3723-170-2C/0A (bracelete de tecido); 3723-170-2C/3A (bracelete de borracha).
Movimento | Corda automática, Calibre UN-372 esqueletizado, oscilador sobredimensionado, roda de escape, âncora e espiral em silício, 171 componentes, 23 rubis, frequência de 21.600 alt/hora (3 Hz).
Funções | Horas, minutos e segundos.
Caixa Ø 44mm | Titânio com acabamento em DLC preto jateado e acetinado.
Luneta rotativa unidirecional em Carbonium. Vidro de safira abobadado. Fundo em vidro de safira. Estanque até 200 metros.
Mostrador | Forma de ‘X’ com PVD preto com acabamento polido e acetinado. Tampa do tambor em Carbonium às 12 horas. Indexes e ponteiros com Super-Luminova bege.
Bracelete | Tecido verde cáqui com fecho antirriscos parcialmente feita de redes de pesca recicladas; ou borracha verde cáqui. Fivela em cerâmica preta e titânio PVD preto.
Preço | 27.570 € ( com taxas incluídas).

Outras leituras