Geneva Watch Days 2023: black is back em quatro propostas

Os relógios pretos estiveram muito na moda no início da década transata, sendo depois ultrapassados pela adesão maciça ao estilo neo-vintage. Mas esta semana, no Geneva Watch Days, a sofisticação do negro recuperou protagonismo graças a quatro propostas de relevo.

Tem-se visto de tudo um pouco, entre as novidades apresentadas pelas mais de quatro dezenas de marcas aderentes ao Geneva Watch Days 2023. A variedade é tanta em modelos que vão desde preços mais acessíveis até peças exclusivas que não é fácil descortinar uma tendência claramente evidente. No entanto, há a registar um interessante conjunto de propostas pretas oriundas de três marcas bem estabelecidas no plano relojoeiro. A saber:

Bulgari Octo Finissimo Carbon-Gold

O Octo Finissimo Carbon-Gold nas versões Automatic e Perpetual | © Bulgari

Não há dúvida alguma de que o triunvirato da Bulgari formado por Jean-Christophe Babin (CEO), Fabrizio Buonamassa (diretor criativo) e Antoine Pin (responsável do polo relojoeiro) conseguiu o toque de Midas com o Octo Finissimo — que se tornou num ícone da relojoaria moderna e tem acumulado prémios consecutivos um pouco por todo o lado desde o seu lançamento em 2014, incluindo o galardão máximo com a Aiguille d’Or (Ponteiro de Ouro) no Grand Prix d’Horlogerie de Genève de 2021 atribuído à variante Octo Finissimo Perpetual.

Bulgari Octo Finissimo Carbon-Gold na versão com calendário perpétuo.
Legibilidade dourada: o Octo Finissimo Carbon-Gold com calendário perpétuo | © Bulgari

E se havia dúvidas relativamente à capacidade de a Bulgari ser capaz de renovar/reinventar a sua linha best-seller, elas ficaram desfeitas no Geneva Watch Days com o surpreendente lançamento do conceito Octo Finissimo Carbon-Gold, para já traduzido em dois exercícios de estilo: o Octo Finissimo Automatic e o Octo Finissimo Perpetual. Após a utilização de titânio, platina, ouro, cerâmica e tântalo, a casa romana mergulhou na sua histórica condição de casa joalheira e recorreu à inclinação vanguardista do seu departamento relojoeiro para associar uma estrutura ultraleve em carbono forjado com aplicações de ouro (coroa e mostrador) a um movimento em ouro com microrrotor em platina.

O fundo revelador do calibre em ouro do Octo Finissimo Perpetual Carbon-Gold | © Bulgari

O resultado é verdadeiramente espetacular. O ‘Duo Ouro Negro’ desvelado esta semana em Genebra apresenta uma sofisticação escurecida que exala luxo com classe e reforça o invejável estatuto alcançado pelo Octo Finissimo — devidamente salientado na edição da Espiral do Tempo 76 (outono 2021) que incluiu um inquérito relativo ao relógio mais carismático da relojoaria contemporânea, tendo sido o modelo mais votado pelas 40 individualidades participantes.

Bulgari Octo Finissimo Carbon-Gold_3
Os novos Octo Finissimo Carbon-Gold têm 6.9mm de espessura no modelo automático e 7.6mm na versão com calendário perpétuo | © Bulgari

Girard-Perregaux Laureato Absolute Chronograph 8Tech

O relógio Girard-Perregaux Laureato Absolute Chronograph 8Tech num fundo escuro e rochoso.
Um cronógrafo especial: o Laureato Absolute Chronograph 8Tech | © Girard-Perregaux

A Girard-Perregaux esteve na linha da frente do ressurgimento dos relógios de design integrado ao relançar o Laureato em 2015 — e em 2019 ‘radicalizou’ as linhas tradicionais do seu ex-libris de 1975 com a criação do Laureato Absolute. O Laureato original celebrizou-se pela sua luneta dupla recortada octogonalmente sobre uma base redonda e pela integração da bracelete na caixa através de um elo central, elementos de estilo replicados na linha Laureato atual; a declinação modernista Laureato Absolute mantém a geometria identificativa em contornos mais generosos, mas dispensa o elo de ligação e a bracelete metálica.

Girard-Perregaux Laureato Absolute Chronograph 8Tech
Forte presença no pulso: o Laureato Absolute Chronograph 8Tech | © Girard-Perregaux

Outro aspeto fundamental é a utilização de materiais de ponta. Depois das caixas em titânio, safira ou cerâmica já utilizadas no Laureato Absolute, o novo Laureato Absolute Chronograph 8Tech assenta numa estrutura de carbono mesclado com titânio; os tons antracite e cinza andam de mãos dadas tanto na caixa como no mostrador. A significativa volumetria de 44mm acaba por assentar muito bem no pulso graças a uma arquitetura cuidadosamente ergonómica e ao design integrado com uma bracelete híbrida da nova geração. Dotado de um movimento cronográfico automático, é um relógio especialmente atrativo para quem deseja um visual moderno.

O Girard-Perregaux Laureato Absolute Chronograph 8Tech sob fundo preto e visto de lado.
A caixa ‘mesclada’ e os submostradores contrastantes oferecem um visual único | © Girard-Perregaux

Doxa Sub 300 Beta Sharkhunter

O relógio Doxa Sub 300 Beta Sharkhunter visto de frente | © Doxa
Ouro negro: o novo Sub 300 Beta Sharkhunter | © Doxa

A Doxa tornou-se numa marca especialista em relógios de mergulho no decurso da década de 60 — e fortaleceu a sua identidade com o lançamento de uma coleção assente numa caixa de formato caraterístico em sintonia com o estilo da altura e que tão evidente se tornou na década de 70, devidamente replicado na coleção atual. Presente em todas as linhas (Sub 200, Sub 300, Sub 300T, Sub 600T e Sub 1500T) do catálogo da Doxa, o mostrador negro recebe sempre a designação específica ‘Sharkhunter’; no Geneva Watch Days, foi revelada uma nova proposta Sharkhunter que vai mais longe… já que o preto não se fica somente pelo mostrador.

O relógio Doxa Sub 300 Beta Sharkhunter.
Uma interpretação com estilo do emblemático relógio de mergulho da Doxa | © Doxa

No Sub 300 Beta Sharkhunter, a própria caixa cushion é concebida em cerâmica negra e até o disco da data é preto mate com algarismos pretos brilhantes. Ou seja, o emblemático tool watch da Doxa surge transformado num estiloso relógio mais adequado ao mundo urbano e às ocasiões mais sofisticadas; o contraste necessário para uma boa leitura é alcançado através das aplicações plaqueadas e ponteiros com ouro de 18 quilates sobre fundo negro. A bracelete em cauchu afigura-se como uma solução especialmente adequada, tendo em conta o espírito ‘contemporâneo de luxo’ que a marca desejou dar ao seu icónico modelo de mergulho.

A sofisticação escurecida do Sub 300 Beta Sharkhunter | © Doxa

Mais informações sobre o Geneva Watch Days podem ser consultadas no site oficial do evento.

Outras leituras