fbpx
Generic selectors
Exact matches only
Search in title
Search in content
Post Type Selectors

Especial Tudor: um mergulho no tempo

A Tudor promoveu ontem, no Rive Rouge, em Lisboa, um evento de relançamento da marca em Portugal. Do nosso lado, temos perceção de que, de um modo geral, os portugueses continuam a não estar bem familiarizados com esta casa de relojoaria que, aos poucos, se tem vindo a fazer notar cada vez mais. Resolvemos, por isso, compilar para este fim de semana, uma série de artigos assinados Espiral do Tempo, e que temos vindo a publicar ao longo dos anos, dedicados em exclusivo à Tudor e aos seus relógios.

VISITA À MANUFATURA | Tudor: o brotar da rosa

Por Hubert de Haro

Manufatura Tudor
A Espiral do Tempo esteve, recentemente, na Manufatura da Tudor. © Tudor

Era uma vez duas almas gémeas. O seu criador tinha-lhes destinado um futuro brilhante, em perfeita solidariedade, para seus benefícios mútuos. A primeira recebeu o símbolo da coroa, naturalmente, já que tinha sido a primeira a desbravar os escarpados caminhos da conquista relojoeira. A segunda foi galardoada com o símbolo da rosa. Afinal, não é a rosa a rainha das flores? E assim demos início à reportagem sobre a nossa visita à manufatura da Tudor.

NOVIDADES | Baselworld 2018: Tudor sob o signo bicolor

Por Miguel Seabra

Baselworld-Tudor
Algumas das novidades da Tudor apresentadas em 2018. © Espiral do Tempo

Em Basileia/ Ao longo dos últimos anos, a Tudor tem estado sempre na linha da frente relativamente às novidades mais aguardadas de Baselworld – não só no que diz respeito à imprensa especializada, mas também aos aficionados. E a marca voltou a não desiludir, num ano em que partilhou estratégia com a sua ‘irmã mais velha’ Rolex. O Black Bay GMT foi a estrela da companhia.

EM FOCO | Tudor Heritage Black Bay Chronograph

Por Cesarina Sousa

Tudor Black Bay Chrono entrada
Tudor | Heritage Black Bay Chronograph | © Paulo Pires / Espiral do Tempo

Que o Tudor Heritage Black Bay Chronograph conquistou tudo e todos a partir do momento em que foi lançado, na Baselworld deste ano, não é segredo para ninguém. E conquistou de tal forma que foi mesmo galardoado com o prémio “Petite Aiguille” na edição de 2017 do Grand Prix d’Horlogerie de Genève. Em cinco anos de participação, este é o quarto galardão que a marca recebe. E o segundo ano consecutivo na mesma categoria. Depois de o termos fotografado para a produção “On The Rocks”, estivemos a descobrir este cronógrafo ao pormenor.

GALERIA | Estilo Tudor (descubra como são feitas as braceletes Heritage… )

Por Espiral do Tempo

Braceletes Tudor © Tudor
O método ancestral de tecelagem jacquard permite uma maior densidade sem que a adaptação ao pulso seja afetada, garantindo máximo conforto e robustez à bracelete. © Tudor

A Tudor tem conseguido conquistar um estatuto de culto graças a uma excelente relação entre qualidade e identidade – e para a afirmação dessa personalidade muito contribuiu a linha Heritage, que reinterpreta modelos do passado com um vincado estilo rétro, e que se faz acompanhar das suas famosas braceletes de tecido. À primeira vista podem parecer braceletes NATO comuns, mas o  têxtil substitui o nylon e a conceção tem como base técnicas artesanais. Descubra nesta galeria como se fazem as braceletes destinadas aos relógios da Tudor.

ATUALIDADES | Lady Gaga é o novo rosto feminino da Tudor

Por Cesarina Sousa

LadyGaga_Tudor
Lady Gaga como embaixadora da Tudor. No pulso, usa um Heritage Black Bay. © Tudor

Lady Gaga foi anunciada como embaixadora da Tudor e como rosto da campanha “Born to Dare”. Depois de apostar em David Beckham, e depois de tanto tempo sem qualquer embaixador, a marca volta a dar que falar neste ano de 2017.

PONTO de VISTA | Black Bay literalmente ‘on the rocks’ (e dois dedos de conversa entre mãe e filha)

Por Cesarina Sousa

Tudor | Black Bay Chronograph | © Paulo Pires/ Espiral do Tempo
Tudor | Black Bay Chronograph | © Paulo Pires/ Espiral do Tempo

Estivemos com os novos Tudor Heritage Black Bay e quisemos fotografá-los literalmente ‘on the rocks’ e à nossa maneira. O resultado é uma série de imagens descomprometidas, com direito a algumas linhas de conversa e à opinião de uma ‘ilustre’ representante de uma geração mais nova… muito mais nova.

EM FOCO | Tudor Heritage Black Bay 36

Por Cesarina Sousa

Tudor Black Bay_1
Tudor | Heritage Black Bay 36 | © Paulo Pires / Espiral do Tempo

Desde que foi lançado que olho para o Heritage Black Bay 36 naquele misto desconfiado do convencida/ não convencida. E esteve mesmo em cima da mesa por diversas vezes nas discussões editoriais. Mas foi preciso um ano e foi preciso a Tudor apresentar uma nova versão com caixa de 41 mm para finalmente o convidarmos a passar uns dias connosco. Posto isto, a pergunta que se coloca é só uma: porque adiámos este momento por tanto tempo?

NOVIDADES | Baselworld 2017: Tudor Black Bay – mais um mergulho na história

Por Miguel Seabra

TudorBlackBay
Os Tudor Heritage Black Bay que foram apresentados em 2017. © Espiral do Tempo

A Tudor tem conseguido notáveis exercícios de estilo na adaptação de códigos estéticos do seu passado a uma coleção atual de inspiração vintage. Estreada com o Heritage Chronograph (em 2010) e incluindo ainda o Heritage Advisor (2011), essa linha surge em todo o seu esplendor estilístico no Heritage Black Bay – cuja família nascida em 2012 acaba de ser enriquecida com mais versões de três ponteiros e sobretudo um novo cronógrafo automático.

EM FOCO | North Flag: científico e instrumental

Por Miguel Seabra

Tudor North Flag
Tudor | North Flag | © Paulo Pires/ Espiral do Tempo

A Tudor continua a vincar a sua estratégia com o lançamento de produtos dotados de grande personalidade, graças a uma estética bem pensada. O North Flag segue essa linhagem que tão relevante se tem mostrado desde o lançamento da linha Heritage, em 2010, mas apresenta um valioso trunfo suplementar: é o primeiro relógio da marca dotado de um movimento de manufatura. Além da importância mecânica, apresenta também uma estética inédita com inspiração no passado que reforça a sua personalidade de instrumento de precisão.

ÍCONES | North Flag: um relógio polarizante

Por Miguel Seabra

ET51_Tudor_North_Flag_01
Tudor | North Flag | © Tudor

Há inúmeros episódios da história recente da civilização em que um determinado relógio acaba por assumir protagonismo. Foi o que aconteceu com a expedição britânica ao norte da Groenlândia entre 1952 e 1954 — com o Tudor Oyster Prince a desempenhar um papel especial no pulso do major Des ‘Roy’ Homard perante condições extremas de frio e humidade. O relógio esteve extraviado durante décadas e só foi descoberto há meses, no fundo de uma gaveta, e em perfeito estado de conservação. É esta a história que guarda o Tudor North Flag.

EM FOCO | Tudor Fastrider Chronograph

Por Miguel Seabra

Tudor Fastrider Chronograph
Tudor | Fastrider Chronograph | © Tudor

Em virtude da sua associação à lendária escuderia italiana de motocicletas Ducati, a Tudor apresenta, no seu catálogo, uma linha de cronógrafos particularmente desportiva, denominada Fastrider. Após o lançamento de um primeiro cronógrafo em 2011 e da versão Black Shield em 2013, a marca estreou um surpreendente modelo inspirado na Ducati Scrambler. Tal como a moto evoca um espírito jovem e rebelde através de deliciosos detalhes neo-vintage, também o novo cronógrafo se apresenta cool e com pormenores ‘bem esgalhados’.

EM FOCO | Tudor Heritage Black Bay

Tudor Heritage Black Bay
Tudor | Heritage Black Bay | © Paulo Pires/ Espiral do Tempo

A Tudor tem conseguido notáveis exercícios de estilo na adaptação dos códigos estéticos do seu passado a uma linha atual de inspiração vintage. Estreada com o Heritage Chronograph e incluindo ainda o Heritage Advisor, essa linha surge com todo o seu esplendor estilístico no Heritage Black Bay – um dos modelos de mergulho com melhor relação preço-qualidade-simbolismo do mercado.

Viste o site oficial da Tudor para mais informações.

Outras leituras