fbpx

Reverso: 90 anos de história

Se o Reverso da Jaeger-LeCoultre nasceu como relógio desportivo, hoje é o paradigma do relógio elegante — e a sua caixa reversível criada para proteger o vidro do relógio transformou-se num palco para a exibição do virtuosismo técnico da marca. Essa mesma caixa foi patenteada a 4 de março de 1931 às 13h15. Faz hoje 90 anos. E a esse propósito, reunimos alguns artigos do nosso portefólio que nos falam de um dos mais reconhecíveis modelos da história da relojoaria.

Jaeger-LeCoultre anuncia livro sobre o Reverso

A Jaeger-LeCoultre anunciou a publicação de um livro centrado na história do Reverso. O modelo com caixa reversível celebra 90 anos em 2021 e foi originalmente criado como resposta ao desafio de conceber um relógio de pulso que aguentasse intacto os jogos de polo.

Pessoa a folhear o novo livro Reverso da Jaeger-LeCoultre
O novo livro sobre o Reverso | © Jaeger-LeCoultre

Reverso: Arte Portuguesa no pulso

Num dos mais recentes capítulos da nossa rubrica ‘Um Leitor, Uma História’, João Fernandes fala-nos dos seus relógios Jaeger-LeCoultre associados à iniciativa Reverso/Arte Portuguesa — quatro exemplares Reverso de elevado valor artístico e emocional com muitas histórias associadas… e a inconfundível assinatura de Júlio Pomar, Manuel Cargaleiro, Paula Rego e José de Guimarães. Na sua coleção falta apenas o Reverso com assinatura de Julião Sarmento. Um artigo para reler no nosso site.

Um estojo com quatro dos relógios que compõem a coleção Reverso Arte Portuguesa | © João Fernandes

20 anos depois: recordar a coleção Reverso Arte Portuguesa

Devido à sua arquitetura original e reversível, nenhum outro relógio de pulso está tão associado às artes como o Reverso – cujo segundo rosto tem proporcionado um espaço portátil para personalizações e divagações artísticas desde a sua criação em 1931. Em comemoração do recente aniversário de Paula Rego (a artista completou 85 anos no passado dia 26 de janeiro), recordamos a associação do lendário modelo da Jaeger-LeCoultre a alguns dos mais reputados artistas plásticos portugueses que arrancou há precisamente 20 anos.

Grand House Algarve: o luxo reinventado

Há lugares que são como casas, as nossas; um refúgio que nos liberta da azáfama do dia a dia. E há hotéis que nos apetece chamar de lar, doce lar. O Grand House Algarve é, incontestavelmente, um deles. Classificado como património de interesse municipal, pode ser comparado com um livro de história, transversal a várias gerações de uma imensa família, marcando um dos capítulos áureos de Vila Real de Santo António. Fizemos-lhe uma visita no passado mês de dezembro e connosco levámos dois modelos Reverso da Jaeger-LeCoultre.

Jaeger-LeCoultre Reverso sobre livros antigos © Paulo Pires/Espiral do Tempo
Jaeger-LeCoultre Reverso Classic Large Duoface Small Seconds | © Paulo Pires/Espiral do Tempo

Relógios e cinema: horas certas em Hollywood

Em Hollywood, brilham, há muitas décadas, os relógios. Os atores não dispensam de os ostentar, como elementos de distinção ou de utilidade, nos seus pulsos. Essa ligação ajuda-nos, também, a perceber como é que o quartzo chegou a ameaçar a hegemonia dos relógios mecânicos, ou porque é que alguns modelos se tornaram ícones valiosos. No mundo da Sétima Arte, há um capítulo muito especial ‘realizado’ pelas artes relojoeiras.

Reverso e os seus 85 anos: geometria descritiva

Em Le Sentier — Qual é o reverso da medalha para um ícone a caminho de ser nonagenário? A permanente renovação e a constante melhoria que tanto contribuíram para o seu estatuto intemporal. No 85.º aniversário do Reverso, a Jaeger-LeCoultre reorganizou a coleção dedicada ao lendário modelo geométrico de caixa reversível, e fomos à sede da Manufatura analisar de que maneira passou esta a estar estruturada.

Mostrador do Jaeger-LeCoultre Reverso Classic Medium Duetto Ref. Q2578120 Corda automática | Aço | 24,4 x 40,1 mm & Mostrador do Jaeger-LeCoultre Reverso Grand Classico Duo Face Ref. Q3848422 Corda manual | Aço | 28,3 x 47 mm sobre fundo de desenhos e três canetas Bic © Paulo Pires / Espiral do Tempo
Jaeger-LeCoultre Reverso Classic Medium Duetto Ref. Q2578120 Corda automática | Aço | 24,4 x 40,1 mm & Jaeger-LeCoultre Reverso Grand Classico Duo Face Ref. Q3848422 Corda manual | Aço | 28,3 x 47 mm | © Paulo Pires / Espiral do Tempo | Ilustração: Magda Pedrosa

Jaeger-LeCoultre Reverso Tribute Moon: sangue azul

O Reverso integra a aristocracia relojoeira há quase nove décadas, e contribuiu decisivamente para a consagração nobiliárquica da Jaeger-LeCoultre. Com uma linhagem impressionante desde a estreia em 1931, o lendário modelo reversível surge agora numa variante Tribute Moon que passa por ser uma das suas mais belas versões dos últimos tempos.

Jaeger-LeCoultre Reverso Tribute Tourbillon Duoface

A Jaeger-LeCoultre anunciou uma nova referência na coleção do seu inconfundível modelo de duas faces: o Reverso Tribute Tourbillon Duoface une turbilhão e segundo fuso horário numa caixa de tamanho mais reduzido e aposta no contraste entre sobriedade e estética tecnicista. Uma edição limitada a 50 exemplares.

Outras leituras